segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Sou mãe solteira. E agora?

Olá Meninas,

Me desculpem pela ausência, mas está muito tumultuado pra mim. Mal inaugurei o canal, e imaginem só? Fiquei doente, e infelizmente não deu pra fazer outro vídeo.
Mas agora que estou melhorando, prometo que irei recompensá-las. 
Então mãos as obras!!!

Quem é mãe solteira?? Não é nada fácil o papel da mãe solteira. É mãe e pai tudo ao mesmo tempo. Sinceramente, acho que essas mães são guerreiras. Criar e educar não se torna uma tarefa fácil quando não se pode contar com o pai dos filhos, e isso é muito complicado. Traz insegurança, pois não tem com quem dividir as responsabilidades, mas é um desafio que todas tiram de letra.

Eu sou mãe solteira, e vou dar umas dicas que toda as mães solteiras precisam saber:

a) Cada mãe tem o seu jeito

Cada uma tem o seu jeito de brigar, e você não precisa ser dura demais, e nem boazinha demais. As vezes ser determinada em certos pontos da educação dos filhos pode ajudar. Não seja impaciente, e tenha calma na hora de decidir e ensiná-los o que é certo e o que é errado para os pequenos. Essa hora é crucial para que o seu filho te veja como a super-heroína deles.

b) Saiba administrar o seu tempo.

Todo mundo sabe que quando se torna mãe, não se tem tempo nem de escovar os dentes. Ainda mais quando se é mãe solteira. Ter privacidade por meros cinco minutos é um luxo. 

Para resolver essa situação, nada é mais importante do que a mãe se dê bem com a sua própria história. Cada situação, pergunta ou decisão se torna muito mais fácil quando você entende o que passou na sua vida.

c) Quero saber porque não tenho pai?

Nunca trate seu filho como se ele fosse frágil. Acredite, eles são bem mais fortes que nós. A medida que eles vão crescendo, eles vão entender a ausência do pai. E é nessa hora que você entra para ensinar que ele vai ter que aprender a lidar com essa situação.

d) Sinto falta do meu filho quando ele está com o pai.

Isso é inevitável. É a mãe que carregou o filho por nove meses. E nem que eles esteja com 80 anos de idade, ainda continuaram sendo os nossos bebês. É isso que eu sinto, é isso que toda mãe que ama sente. Tente não ficar ligando para o pai da criança, isso pode fazer com que o pai crie mais vínculo e uma responsabilidade maior com os filhos.  

d) Saia, divirta-se e ame a vida.

Não é porque você é mãe e solteira que vai ficar em casa, né?! Exato. Nunca se coloque em segundo plano. Curta a vida, cuide de si mesma. Seja mãe, mas acima de tudo seja mulher. Não se anule para a vida. Vá ao cabeleireiro, faça as unhas e cabelos. Leia livros. Passeie com as amigas.

Não arrume desculpas que não tem tempo. Quando os seus filhos estão na escola ou com o pai, é a hora certa de sair e se distrair. Afinal, você é livre para amar. Não se preocupe com olhares ou comentários alheios. Prefira lembrar do sorriso de seus filhos. Aprenda a viver e se amar. Todas merecem respeito. Tenha orgulho de ser mãe, e faça seus filhos terem a mesma admiração. 

Nunca desanime por causa de problemas que você possa enfrentar. O mundo dá voltas, e chegará o dia em que tudo vai melhorar. Só é preciso um pouco mais de paciência e ser forte até que esse dia chegue.

Não é feio ser mãe solteira. Solteiras por opção ou não, todas são guerreiras, são mães e mulheres lindas. Orgulhem-se desse papel.

Bjo da Kah e até a próxima.

PS: Me adicionem nas redes sociais, e assinem no meu canal do Youtube.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Página Anterior Próxima Página Home

Quer acompanhar as últimas postagens? Se inscreva.

Criado por